Desvende alguns mitos e verdades das obras

Desvende alguns mitos e verdades das obras

Qualquer tipo de obra, seja a construção ou a reforma de uma casa, é composta por muitos detalhes e etapas, não é mesmo? É um processo bem complexo, que envolve alvenaria, elétrica, hidráulica, pintura e muito mais.

 

1. Paredes mais grossas são mais resistentes
MITO. O que define a firmeza e a resistência de uma parede não é sua espessura, mas sim um conjunto de coisas. Do material base à altura, do tipo construtivo à densidade, tudo pode influenciar. E só um profissional poderá te indicar a “fórmula ideal” para ter o melhor desempenho com o mínimo de esforço e desperdício.

 

 

2. Pintar as paredes da cozinha é anti-higiênico
MITO. Uma cozinha revestida de azulejo facilita a limpeza. No entanto, uma cozinha sem revestimentos cerâmicos, pintada com tinta, não é anti-higiênica. Existem, inclusive, diversas opções de tintas super laváveis no mercado. Elas são mais resistentes à limpeza e mais adequadas para ambientes de alta umidade.
Você também pode unir os dois mundos, revestindo apenas a parede do fogão, que costuma sujar mais, e pintando as outras. Isso te dá uma maior flexibilidade na personalização do ambiente, além de ser mais econômico.

 



3. Algumas paredes não podem ser derrubadas

VERDADE. As chamadas paredes estruturais, que dão sustentação para a lage de concreto ou para os andares superiores, não podem ser demolidas. Caso isso aconteça, a integridade estrutural da casa ficará comprometida.
Paredes com tubulações hidráulicas e fiação elétrica também são casos complicados. Derrubá-las exige um trabalho exaustivo para contornar ou redirecionar todas essas instalações.
Para evitar qualquer perrengue, cheque o projeto estrutural, elétrico e hidráulico da casa, e utilize-o como guia para planejar sua reforma.
Antes de furar ou quebrar as paredes, certifique-se de que elas não estejam sustentando o restante da estrutura.

 

 

4. Revestimentos são uma solução para paredes com umidade
MITO. Esconder o problema não vai resolvê-lo. Na verdade, pode até ser um desperdício de tempo e dinheiro. A origem desse problema, muito provavelmente, é uma infiltração ou um vazamento. Se não for resolvido, ele vai continuar a umedecer a parede, podendo levar ao estufamento, descolamento e até queda do azulejo recém-instalado.

 

5. Trincas e rachaduras precisam apenas de reboco e pintura
MITO. Toda trinca indica um rompimento da estrutura e serve como sinal de alerta para um problema mais profundo que precisa ser solucionado. Isso significa que não adianta só passar uma camada de massa corrida, pintar e está resolvido.

 



6. É importante comprar pisos e revestimentos com sobra

VERDADE. Os revestimentos são produzidos em lotes e podem existir variações de cor entre uma remessa e outra. Para que a reforma da sua casa possa ter poços e revestimentos em todas as áreas planejadas, é aconselhável ter uma reserva. A dica é sempre comprar uma quantia de 10% a 15% maior do que você precisa. Assim, suas superfícies ficarão uniformes e do jeito que você pensou, mesmo que algumas peças sejam cortadas, descartadas ou quebrem.
Você pode não encontrar mais o mesmo lote ou modelo de piso em estoque caso precise substituir alguma peça.

 

7. O entulho da reforma pode ser descartado no lixo comum
MITO. Os resíduos e entulhos que sobram da reforma de casa ou qualquer outra obra devem ser descartados no lugar adequado. Aquelas caçambas de metal, disponibilizadas por algumas prefeituras em locais públicos ou encontradas para aluguel, servem para garantir o descarte correto desses materiais.
Também é importante pontuar que cada cidade possui suas legislações próprias para esse descarte, que valem para obras de grande porte e pequenas reformas. Então, antes de se livrar do entulho, vale verificar nos sites oficiais da prefeitura os locais indicados para isso, evitando multas e problemas.

 

 

8. Contratar um arquiteto ou engenheiro é luxo
MITO. Um dos maiores mitos que gira em torno da Arquitetura e da Engenharia é que a contratação desses profissionais é algo dispensável, um luxo. Mas, a verdade é que uma assistência especializada e um projeto bem elaborado são importantíssimos para qualquer tipo de construção ou reforma residencial.

 


Com o auxílio desses dois profissionais, você vai conseguir otimizar o tempo da obra, controlar melhor os gastos e organizar o canteiro de obras. Além disso, eles também ficam encarregados de guiar a equipe, reduzir desperdícios, tomar decisões mais assertivas e vantajosas, e supervisionar todas as etapas da obra.

9. Lâmpada de LED ajuda a economizar energia
VERDADE. Consomem bem menos energia que as fluorescentes ou incandescentes. Por mais que exijam um investimento inicial um pouco maior, a economia a médio e longo prazos será significativa.
Lâmpadas de LED também têm uma durabilidade maior, podendo chegar em até cem mil horas de uso.

 



10. É possível construir ou reformar sem um projeto

DEPENDE. Se a sua reforma for só decorativa, como pintar uma parede, por exemplo, é tranquilo fazer isso sem um projeto. Aliás, você pode tornar essa uma atividade em família, ao melhor estilo Faça-você-mesmo.
No entanto, se a sua reforma envolver mudanças mais complexas e estruturais (basicamente, qualquer ajuste digno de poeira), um projeto é fundamental. Não só para garantir uma execução segura e de qualidade, mas também para economizar.

 

 

Avatar

Malaquias

REVISTA DESTAQUE DIGITAL - Guia Comercial e Entretenimento. - Mala News - Notícias - Mala Hits (web radio com estilos musicais variados), - Show do Malaquias (programa de radio veiculado na Mídia Fm 87,5 Programa, 3ª, 5ª e Sábado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?